? ºC Tangará da Serra - MT

Agronegócio

26/04/2018 14:45 G1

Encontro debate a repressão ao tráfico de drogas na fronteira entre Brasil e Bolívia

As peculiaridades que envolvem o patrulhamento nos 983 km de divisa entre o Brasil e a Bolívia, entre áreas alagadas e secas, e a repressão qualificada ao tráfico de drogas foram apresentados aos profissionais das forças de segurança do Estado e Federal: Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal.

As ações de segurança pública na fronteira foram tema de palestra realizada na tarde desta quarta-feira (25.04), na sede da 13º Brigada de Infantaria Motorizada, durante a I Conferência Regional de Segurança na Fronteira Oeste.

Segundo o secretário adjunto de Integração Operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), coronel PM Jonildo Assis, nos últimos quatro anos, a repressão à criminalidade na fronteira foi intensificada por conta dos investimentos do governo no Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron).

“Desde 2015, houve importantes investimentos para atuação dos profissionais na linha de fronteira. Começamos com aumento de efetivo, a criação da Delegacia de Repressão aos Crimes Fronteira (Defron), melhorias nos materiais de uso dos policiais, a exemplo de um novo uniforme e incremento de recursos para o setor de inteligência. As conquistas da segurança pública também são graças a integração das forças de segurança”, destacou.

Fronteira

Criado há 16 anos, o Gefron desempenha atividades de combate a crimes como tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, evasão de divisas e roubos de veículos. Os policiais realizam patrulhamentos pelas rodovias, estradas vicinais, operações, barreiras fixas e volantes.

São três postos de fiscalização: Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso (em Porto Esperidião), Avião Caído (em Cáceres), além da base do grupamento, em Porto Esperidião. 

Os policiais também atuam em parceria nos seis postos fixos do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) do Corixa, Corixinha, Las Petas, Fortuna, Ponta do Aterro e Marfil.


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo