? ºC Tangará da Serra - MT

Cidades

21/09/2018 09:35 Gazeta Digital

Oficial quer arrombar última casa na Ilha da Banana

Oficial de Justiça solicitou ao juiz Roberto Teixeira Seror o arrombamento, com reforço policial, da casa do único morador que ainda resiste na Ilha da Banana, Benedito Carlos Addor Nunes da Silva, 66. A solicitação de arrombamento foi pedida no dia 13 deste mês, sob alegação de constantes tentativas de contatos para citação, sem respostas. Ele ainda pediu avaliação psicológica do morador.

A área referente ao imóvel de Benedito possui 182,64m² e o valor previsto para a desapropriação é de pouco mais de R$ 179 mil. Há 6 anos o morador trava uma batalha para não sair do local. No dia 29 de agosto já havia sido proferida uma decisão para Benedito, na condição de representante do espólio de Armindo Nunes da Silva de Milena Addor Nunes da Silva contestar a ação no prazo legal. No entanto, segundo o Oficial de Justiça, mesmo com as sucessivas idas ao endereço de Benedito, não logrou êxito. 

“Dirigi-me, à Avenida Coronel Escolástico, nº 62, Praça do Seminário, Bairro Centro/ Lixeira, nesta capital, e ali estando, sempre encontrei a porta fechada e em nenhuma das oportunidades fui atendido. Diante desta constatação, busquei subsídios junto aos vizinhos estabelecidos ao lado da Igreja São Benedito e que estão em frente ao imóvel diligenciado. Estes informaram que o requerido provavelmente estaria na residência em pelo menos uma das diligências ali efetuadas, porém, este tem o costume de não atender a porta, além do que, constatei existir um olho mágico dando total visão do interior do imóvel ao passeio/calçada”. 

 

O Oficial enfatizou que aquelas atitudes levaram a crer que Benedito estaria passando por problemas psicológicos, necessitando de uma devida avaliação. 

O Oficial citou ainda que todos os imóveis do entorno foram demolidos, restando somente a casa de Benedito. Constatou ainda aparente risco de desabamento, além dos terrenos ao entorno se encontrarem tomados por sujeira de demolição e um grande matagal. “Ante o exposto, não foi possível a citação do requerido Benedito Carlos Addor Nunes da Silva, face este não ser encontrado no endereço indicado. Por fim, solicito que vossa excelência se digne em determinar o arrombamento e reforço policial para a complementação desta determinação, haja vista que indícios colhidos in loco levaram este Oficial de Justiça a este raciocínio, tudo para a devida triangularização processual em comento”. 

Mais de 5 décadas num mesmo endereço, de frente a alguns dos mais importantes locais da história de Cuiabá, a Igreja de São Benedito e o Morro da Luz. Essa é a realidade que Benedito Addor, 66, não quer deixar se perder. Numa singela casa de 11 peças, no iminente risco de desabamento, rodeada de mato, escombros e de usuários de drogas, Benedito, único resistente da Ilha da Banana, quer continuar vivendo. “Todo o dia olho daqui para o meu São Benedito e repito, São Benedito, se ninguém passou mão no dinheiro do VLT eu saio daqui”, diz o morador apontando para imagem do santo que fica em frente a sua casa, na igreja. 

Por dentro uma casa de muitos cômodos, mas que na grande maioria está rodeada de baldes que, conforme o morador, são para aparar as águas da chuva. Benedito conta que com a demolição do entorno uma árvore caiu no telhado, destruindo parte. Hoje a saída é aparar água da chuva para não alagar a casa. Outro estrago citado pelo morador é uma peça da casa que foi abaixo após escombro da residência vizinha, que foi demolida, cair sobre o cômodo. 

O morador afirma que desde o início das obras do Veículo Leve sobre Trilhos, quando se falou em desapropriação da Ilha da Banana para obras do modal, foi tocado o terror nos moradores e muitos saíram assustados. 

A previsão é que no local seja construído o Largo do Rosário que prevê a construção de uma praça com monumentos, bar, sanitários, posto policial, área de souvenirs, estacionamento e Centro de Atendimento ao Turista. 

“Atualmente 3 imóveis da Ilha da Banana estão com processo em andamento e 2 estão com acordos finalizados. Logo resolvido essas pendências a proposta é em apenas uma ordem de serviço executar a demolição dos imóveis restante”, confirma Secid.


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo