? ºC Tangará da Serra - MT

Cultura

18/08/2017 14:07

Final de semana tem Israel e Rodolffo, Sesc Amazônia das Artes, peças de teatro e mais

O final de semana está lotado de atrações! Tem Sesc Amazônia das Artes, Israel e Rodolffo, rock’n’roll no Malcom e muito mais. Escolha onde ir e divirta-se!

 

Hotel Fazenda Mato Grosso


Sexta (18) a domingo (20): 6º Congresso Espírita de Mato Grosso
Sexta – 8h30 às 19h30 / Sábado – 8h30 às 19h30 / Domingo – 8h30 às 12h30
 


Teatro da UFMT


Sábado (19): Se perguntarem, não fui eu
Horário: 20h
Ingressos: R$20 (meia) / R$40 (inteira)
 


Acrimat


Sábado (19): Diogo Nogueira
Horário: 21h
Camarote: R$40 (meia) / R$80 (inteira)
Mesa: R$900 (6 pessoas) / R$1200 (6 pessoas)
 


Calle Music Hall


Sexta (18): I Love funk
R$ 20,00 (antecipado);
R$ 30,00 (até 00h sujeito a alteração).
Para reservas de camarotes e mais informações: 99907-9908 (Whatsapp).
Sábado (19): Caliente El Baile
Horário: 23h
Ingresso: R$20
 


Vozz Club


Sexta (18): Check In – Sharam
Horário: 23h
Ingresso: R$55
Camarote: R$1600 (10 pessoas)
 


Estância 21


Sábado (19)Tribo da Periferia
Horário: 23h
Ingressos: R$40 (meia) / R$80 (inteira)
Camarote: R$1200
 


Musiva


Sábado (19): Israel e Rodolffo
Horário: 23h
Ingressos: R$40 (meia) / R$80 (inteira)
Bistrô: R$600
Camarote: R$1200
 

Cine Teatro Cuiabá


Domingo (20): 1º Workshop Fitness – com Felipe Franco
Horário: 20h
Ingresso: R$70
 


Bar do Bigode


Sábado (19): Roda de Samba
Com Larissa Padilha e convidados
Horário: 17h
Sábado (19): Esquenta Racionais – JahLua + Família THC
Entrada: R$10
Domingo (20): Carpinteiro do Universo – Homenagem a Raul Seixas
Horário: 21h
Entrada: R$5 (até 23h) / R$10 (pós 23h)
             

  
Espaço Mosteiro


Sábado (19): 4º MT Blues Festival
Horário: 21h30
Whisky de Segunda Classic Blues; Mestre Blues; Mr. Resner;
Ingressos: R$50 (Segundo lote)
Mesas: R$200
Camarotes: (65) 99285-4871 / (65) 9859-8684 / (65) 99234-6572


Centro de Cuiabá


Sexta (18): Não cabe mais, gente! – In-Próprio Coletivo (MT) – Sesc Amazônia das Artes
Falta ar. Apertado, enrugado, borrado, retorcido: corpos-outros. Plástico-gente. Escolha. Limite. Somos processo e produto do que saturou. Como ainda cabe o que já rompeu limite? Como experimentar o desvio em meio às dinâmicas do estar junto? Não cabe mais, gente! aposta nos atravessamentos, na condensação dos corpos, no que é liminar, que pulsa e constrange, que acolhe, devora e regurgita. Habitar o espaço é fazer dele um lugar e, para isso, é necessário operar cartografias de afeto. Não cabe mais, gente!
Horário: 16h
Gratuita
 

 

Sesc Arsenal


Sexta (18): Sesc Amazônia das Artes – Mostra de cinema
Horário: 19h
Filmes selecionados:
 
DEIXA A CHUVA CAIR – JUSCELINO RIBEIRO (PI)
Classificação: Livre
Na última década, um histórico conflito entre gangues tem se agravado, comprometendo seriamente o futuro de uma juventude inteira da região do Promorar, na zona Sul de Teresina. Com o intuito de por um fim à violência entre os jovens, os rappers Preto Kedé, Lu de SantaCruz e Aliado Negro criaram A Irmandade. Aos poucos, o grupo que sempre cantou sobre o cotidiano das comunidades passou a abordar também questões como proximidade com o crime, expansão das drogas e preconceito com os moradores das periferias, além de denunciar casos de racismo e truculência por parte de policiais militares. Em uma manhã de agosto, uma canção de desabafo cheia de ira caiu como uma bomba nas mãos da mídia, da polícia e principalmente dos próprios músicos.
 
BANHO DE CAVALO - CIA BOI DE PIRANHA (RO)
Classificação:  16 anos
Banho de Cavalo é sucessão de micronarrativas poéticas sobre uma árvore (Castanheira), uma Amazônia, corpos e sujeitos como invenções de determinados pensamentos hiperbolizado da região.
 
PEDAÇOS DE PÁSSAROS - ANDREI MIRALHA E MARCÍLIO COSTA (PA)
Classificação: Livre
O pássaro como metáfora das relações do homem no mundo contemporâneo. Fragmentos, pedaços da vida cotidiana abordados poeticamente. “Pedaços de pássaros”
 
NO INTERIOR DA MINHA MÃE - LUCAS SÁ (MA)
Classificação: Livre
Uma viagem para a cidade do interior, onde minha mãe nasceu.
 
GRITOS DA NOITE - ALLAN GOMES (AM)
Classificação: 12 anos
Na Amazônia, a força de espíritos ancestrais está impregnada na floresta. Quando três adolescentes decidem fazer um passeio de fim de semana no sítio de seus avós, nem mesmo a presença de um mateiro experiente da região poderá ajudar a enfrentar os perigos dessa noite.
 
MEU RIO VERMELHO - RAFAEL IRINEU (MT)
Classificação: Livre
O curta metragem realça as histórias de personagens com diferentes culturas que foram encontradas ao longo das correntezas do Rio Vermelho. Localizado no sul do estado de Mato Grosso, o rio passa por Jarudore, povoado que sobrevive da pesca. Aldeia Tadarimana, da etnia Bororo, e uma das mais antigas do país. Rondonópolis, onde recebe cargas de esgoto a céu aberto. E por fim, com sua deságua no Pantanal, a maior planície alagada do mundo.
 
ENCANTES - HISTÓRIAS DE LARANJAL DO MARACÁ - CASSANDRA OLIVEIRA (AP)
Classificação: Livre
Seu Raimundão guarda as memórias do trabalho que fez nas cavernas, transportando as urnas que tinham a “estatura de um cristão”. Sabá lembra que quando era criança via muitas “tigelas” na mata, mas não sabia o valor que aquilo tinha. Dona Santinha fala do dono do “Buracão” e dos encantados de um lugar “misurento”. Enquanto estes personagens contam suas histórias, memórias e lendas, a vida da comunidade de Laranjal do Maracá, no sul do Amapá, segue mesclando a relação material com as cavernas do entorno da comunidade, que ainda guardam objetos arqueológicos, e a reprodução simbólica dos seres encantados que habitam estes lugares sagrados.
Gratuito
Sábado (19): Sessão Pipoca – Asterix e o domínio dos deuses
(Louis Clichy, Alexandre Astier, FRA/Bélgica, Animação/ Aventura/Comédia, 2016, 86 min.)
O imperador romano Júlio César sempre quis derrotar os irredutíveis gauleses, mas jamais teve sucesso em seus planos de conquista. Até que, um dia, ele resolve mudar de estratégia. Ao invés de atacá-los, passa a oferecer os prazeres da civilização aos gauleses. Desta forma, Júlio César ordena a construção da Terra dos Deuses ao redor da vila gaulesa, de forma a impressioná-los e, assim, convencê-los a se unir ao império romano. Só que a dupla Asterix e Obelix não está nem um pouco disposta a cooperar com os planos de César.
Livre
Horário: 17h30

Sábado (19): Sesc Amazônia das Artes – Mostra de cinema

Horário: 19h
Gratuito

Filmes selecionados:
 
DEIXA A CHUVA CAIR – JUSCELINO RIBEIRO (PI)
Classificação: Livre
Na última década, um histórico conflito entre gangues tem se agravado, comprometendo seriamente o futuro de uma juventude inteira da região do Promorar, na zona Sul de Teresina. Com o intuito de por um fim à violência entre os jovens, os rappers Preto Kedé, Lu de SantaCruz e Aliado Negro criaram A Irmandade. Aos poucos, o grupo que sempre cantou sobre o cotidiano das comunidades passou a abordar também questões como proximidade com o crime, expansão das drogas e preconceito com os moradores das periferias, além de denunciar casos de racismo e truculência por parte de policiais militares. Em uma manhã de agosto, uma canção de desabafo cheia de ira caiu como uma bomba nas mãos da mídia, da polícia e principalmente dos próprios músicos.
 
BANHO DE CAVALO - CIA BOI DE PIRANHA (RO)
Classificação:  16 anos
Banho de Cavalo é sucessão de micronarrativas poéticas sobre uma árvore (Castanheira), uma Amazônia, corpos e sujeitos como invenções de determinados pensamentos hiperbolizado da região.
 
PEDAÇOS DE PÁSSAROS - ANDREI MIRALHA E MARCÍLIO COSTA (PA)
Classificação: Livre
O pássaro como metáfora das relações do homem no mundo contemporâneo. Fragmentos, pedaços da vida cotidiana abordados poeticamente. “Pedaços de pássaros”
 
NO INTERIOR DA MINHA MÃE - LUCAS SÁ (MA)
Classificação: Livre
Uma viagem para a cidade do interior, onde minha mãe nasceu.
 
GRITOS DA NOITE - ALLAN GOMES (AM)
Classificação: 12 anos
Na Amazônia, a força de espíritos ancestrais está impregnada na floresta. Quando três adolescentes decidem fazer um passeio de fim de semana no sítio de seus avós, nem mesmo a presença de um mateiro experiente da região poderá ajudar a enfrentar os perigos dessa noite.
 
MEU RIO VERMELHO - RAFAEL IRINEU (MT)
Classificação: Livre
O curta metragem realça as histórias de personagens com diferentes culturas que foram encontradas ao longo das correntezas do Rio Vermelho. Localizado no sul do estado de Mato Grosso, o rio passa por Jarudore, povoado que sobrevive da pesca. Aldeia Tadarimana, da etnia Bororo, e uma das mais antigas do país. Rondonópolis, onde recebe cargas de esgoto a céu aberto. E por fim, com sua deságua no Pantanal, a maior planície alagada do mundo.
 
ENCANTES - HISTÓRIAS DE LARANJAL DO MARACÁ - CASSANDRA OLIVEIRA (AP)
Classificação: Livre
Seu Raimundão guarda as memórias do trabalho que fez nas cavernas, transportando as urnas que tinham a “estatura de um cristão”. Sabá lembra que quando era criança via muitas “tigelas” na mata, mas não sabia o valor que aquilo tinha. Dona Santinha fala do dono do “Buracão” e dos encantados de um lugar “misurento”. Enquanto estes personagens contam suas histórias, memórias e lendas, a vida da comunidade de Laranjal do Maracá, no sul do Amapá, segue mesclando a relação material com as cavernas do entorno da comunidade, que ainda guardam objetos arqueológicos, e a reprodução simbólica dos seres encantados que habitam estes lugares sagrados.

Domingo (20): Encontro de estudos e produção de estampas artísticas

Horário: 15h

Nos encontros serão desenvolvidos projetos pessoais com base na técnica de estamparia do BATIK. Será apresentado a partir das discussões a cerca da sua história, heranças culturais e suas aplicações na contemporaneidade. 
As atividades serão orientadas pela artista visual Rita Ximenes.
Insc. pelo email: kavila@sescmatogrosso.com.br e informações pelo fone: 3616-6921
 
Domingo (20): Sessão Pipoca – O mundo dos pequeninos

Horário: 17h30
(Hiromasa Yonebayashi, Japão, Animação/Aventura, 2010, 105min.)
Arriety é uma menina como qualquer outra, exceto por medir apenas alguns centímetros. Ela e os outros pequeninos vivem nas casas das famílias pegando emprestados alguns objetos para a sobrevivência. Seu estilo de vida é posto em perigo quando Arriety é descoberta por um humano morador da casa.
Livre
 
Domingo (20): Cinesesc – Paulina

(Santiago Mitre, Argentina, Drama/Suspense, 2015, 103min.)
Paulina, 28 anos, largou uma promissora carreira na advocacia para ser professora em uma região problemática da Argentina. Sacrificando o namoro e a confiança do pai, um poderoso juiz, ela sustenta as suas convicções de ensino e política. Entretanto, sua crença é colocada à prova ao ser estuprada por um grupo de alunos.
16 anos 
Horário: 19h30

Domingo (20): Sobre outras janelas e portas – Grupo Aguadeiro (AC)

É um espetáculo solo que une técnica e poética; dança e teatro; pesquisa e prática; loucura e histórias. É dividido em quatro tempos: 1) estranhos Deuses, quando os loucos eram considerados oráculos, portais de comunicação com o sagrado; 2) O exilado, tempo em que os oráculos e qualquer outra pessoa que apresentasse um comportamento fora dos padrões eram enclausurados; 3) Arte explodida, é o momento em que a arte sai em busca de desvendar a loucura e começa a se expressar de outras maneiras; e 4) Na maca, na medicação, quando a loucura passa a ser estudada para que seja alcançada a cura.
Local: Salão social
Horário: 20h


Malcom Pub



Sexta (18): Henrique Maluf & Cerrado Groove tocam Tim Maia e sucessos da Black Music
+ Henrique Miranda
Entrada: R$12 até às 23h / R$20 após as 23h

Sábado (19): Herois de Brinquedo tocam Engenheiros do Hawai e RPM
+ Ménage
Entrada: R$15 (Acesso somente ao PUB)

Domingo (20): Confra Malcom
Dobro de ‘catulove’ até as 22h
Entrada franca


Malcom Club

 



Sexta (18): Hip Hop
DJ Spinha; DJ Mr. Nose; DJ Sabid0; Saudosa Maloca
Entrada: R$12 até às 23h / R$20 após as 23h

Sábado (19): My House
Stival Samuel Boogie (MG); Simple Jack (BSB); Banza
Entrada: R$30 (Acesso ao club e ao pub)
 


Gerônimo West Music



Sexta (18): Festa das Patroas
Laura Franco; Yara Figueiredo
Entrada free até 1h (nome na lista) / Dobro de catuaba para elas até 1h
 
Sábado (19): Noite das santinhas
Dj Juliano; Pricilla e Ricardo; Jorge e Miguel; Dj Tomate
 
Domingo (20): Domingueira – ‘Só modão e Catu’
Open de Catuaba

 
Metade Cheio



Sexta (18): Esquenta – só as mais mais dos anos 2000 – Joana Castro
Com tanta música conhecida, cantada, gritada ou rebolada na década passada, não podíamos deixar de preparar o esquentinha de sexta com um set 00's feito no capricho pela Joana Castro. Vai rolar após as 20h e não vale fingir que nem gostava porque a gente sabe que ouvia no repeat SIM!

Sábado (19): Roda de conversa – Mulheres no audiovisual
Neste sábado o papo acontece novamente por aqui abordando questões da mulher no audiovisual (nos diversos campos de atuação). Estão convidadas curiosas, aspirantes, atuantes e demais mulheres que queiram trocar uma ideia sobre a área, a partir das 19h, numa conversa puxada por Joycy Ambrósio.

Domingo (20)Clássicos do pagode
É nostalgia, é dominguêra, é pagodão real-oficial. Só esperar o sol baixar que na fachada da casa vai rolar uma seleção bem dos 90 e 2000 feita pelas belezuras Hiasmyn Lorraynne, Mariana Lopes e Paula Patrícia, regadas a uma promo de catu-cola que embala maravilhosamente a sofrência da vez - duas por $10, pensa!
 


Cavernas Bar



Sábado (19): Messe des Morts; Coldblood; Nervo Chros
Entrada: R$20


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo