? ºC Tangará da Serra - MT

Curiosidades

10/04/2018 14:57 OLHAR Conceito

Levando noções de disciplina e respeito, aulas de capoeira se espalham por Cuiabá

Foi em um fundo de quintal que o chapadense Visquival de Campos Martins, hoje com 42 anos, aprendeu as primeiras técnicas de capoeira. Hoje, trinta anos depois, ensina o que sabe a crianças, adolescentes e adultos de Cuiabá, já foi reconhecido em todo o país e deu aulas até mesmo na Espanha e na Alemanha.

“Eu aprendi fazendo as aulas. Os primeiros passos, as movimentações básicas, e aí eu fui pro Centro Comunitário do meu próprio bairro, que fica no Araés. Lá a gente começou a treinar com um grupo de pessoas”, lembra o capoeirista. Segundo ele, no Araés ele treinou com um grupo de pessoas, até que sentiu a necessidade de buscar mais conhecimento. “Eu saí do centro pra treinar capoeira no Tijucal, treinei por um período de 8 a 10 anos, e lá eu busquei o inicio das minhas graduações”.
Foi no Tijucal que ‘Visqui’ foi batizado, obteve sua primeira graduação, e se formou como instrutor de capoeira, em 2002. Desde 1999, no entanto, ele já dava aulas, ainda como ‘graduado’, no Colégio Isaac Newton. “Lá estou até hoje, sou carteira assinada, professor da grade”.


Dois anos depois, em 2004, Visqui criou a ‘Associação Capoeira VIP’ que foi fundada no dia sete de novembro, em um evento no Goiabeiras Shopping. Com CNPJ e endereço fixo, a instituição trabalha com terceirizados, desenvolve oficinas de capoeira, apresentações, palestras, e, inclusive, o ‘Festival de Capoeira de Mato Grosso’, que vai para sua 13ª edição em 2018 (dias 17 e 18 de agosto, no anfiteatro do Liceu Cuiabano).


Foi também a partir desta associação que Visque criou o projeto ‘Capoeira VIP na escola’, com o intuito de levá-la aos estudantes de escolas públicas. Ele foi criado no Liceu Cuiabano, e hoje está, também, no Colégio Presidente Médice, no Pedro Gardes em Várzea Grande, no Nossa Senhora Aparecida, bairro Colorado, Colégio Antonia Tita, no Jardim Florianópolis, no Colégio Tereza Lobo, dentre outros, todos da rede municipal ou estadual.


O ‘Capoeira VIP na Escola’ já foi reconhecido nacionalmente quatro vezes. A primeira delas, em 2007, pelo Criança Esperança. A segunda, em 2010, quando receberam um ‘diploma de honra ao mérito pela vida’, da Secretaria Nacional de Políticas Públicas Anti-drogas (Senad).


Anos depois, recebeu o prêmio ‘ANU Dourado’, como maior projeto social do estado de Mato Grosso, pela Central Única das Favelas (CUFA). No Rio de Janeiro, disputaram o ‘ANU Preto’, maior prêmio nacional, e ficaram em quarto lugar. Por fim, em 2014, Visquival teve a honra de ser um dos condutores da Tocha Olímpica, também graças a seus feitos.


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo