? ºC Tangará da Serra - MT

Curiosidades

07/01/2019 14:37 OLHAR Conceito

Due Ladroni comemora dez anos e traz novidades como >happy hour> e >dia do gnocchi>

São dez anos de estrada, comemorados no último dia 3 de dezembro, e o ‘Due Ladroni’ segue como referência de culinária italiana em Cuiabá. Talvez seja o local, decorado cuidadosamente para remeter a uma cantina, a trilha sonora, a tradição de manter desde sempre o mesmo chef e o mesmo masseiro, ou a inovação e as novidades que aparecem anualmente no cardápio. A verdade é que, assim como na máfia – referenciada no nome e em quadros pelo restaurante – ali o segredo do sucesso parece ficar trancado a sete chaves.

Para Gabriela Grando, proprietária, no entanto, a receita é simples: “A gente passa por dificuldades. Esse semestre, por exemplo, foi bem difícil. [Mas] acho que é persistência mesmo, sabe. O que eu considero mais difícil é manter a qualidade. Não trocar os produtos, não trocar os fornecedores... e acho que isso talvez seja um dos pilares”.


Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto


O estabelecimento abriu as portas em 2008. Esposa de Afonso Salgueiro, proprietário do Getúlio Grill, Gabriela trabalhava na época como arquiteta, mas aos poucos foi mudando de foco. Afonso já era sócio de Lélis na peixaria, e os dois encontraram no espaço – onde funcionava o restaurante Giuliani – mais uma oportunidade de negócio.


O espaço, que antigamente era uma casa de COHAB, havia sido reformada pelo dono do antigo restaurante. A compra aconteceu em setembro, e em dezembro o ‘Due Ladroni’ já começou a funcionar. No início, Gabriela começou somente ajudando, durante suas férias, mas depois assumiu de vez. “Começou inaugurando eu e a esposa do Lélis, a Luana. Depois ela acabou indo fazer faculdade, eu acabei não voltando mais pra arquitetura, fiquei um ano entre lá e cá e depois fiquei só aqui. Aí o Lélis e o Afonso montaram um restaurante em São Paulo, chamava Cia Mariana, mas não deu muito certo, ficou só um ano. Eles acabaram desfazendo a sociedade, inclusive a daqui. Ficou só eu e o Afonso aqui e só o Lélis lá na peixaria”, lembra a empresária.


Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto


Pouco antes de abrir as portas, os empresários contrataram o chef Anildo Campos, que trabalhava na Lélis. Ele foi enviado para São Paulo para fazer uma consultoria com José Branco, cozinheiro do ‘Gero’, do grupo Fasano. Foi Branco que montou o primeiro cardápio e continuou auxiliando por alguns anos. Anildo ainda é o chef do restaurante até hoje, assim como Anildo, que é masseiro.


O nome também foi outra decisão difícil. Tanto os sócios quanto a agência, na época, tinham várias sugestões, mas ninguém gostava de nenhuma. Até que surgiu a ideia de fazer referência a um dos mais antigos restaurantes de Roma, na Itália, que também se chama Due Ladroni. “A história [de lá] era bonitinha”, conta Gabriela. “Eram dois donos desse restaurante, e cada noite ficava um no local. Sempre tinha uma mulher que ia ao restaurante, e os dois a cortejavam. Com isso, um começou a chamar o outro de ‘ladroni’. Na verdade, dois ladrões em italiano é ‘Due Ladri’, então é uma gíria coloquial da cidade”.


O nome escolhido, inevitavelmente, fazia referência à máfia italiana. Logo, os empresários aderiram à ideia, e penduraram nas paredes quadros de grandes filmes dessa temática, como O Poderoso Chefão.


Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto


Cardápio
O menu do Due Ladroni é atualizado anualmente, sempre com a retirada do que não tem tanta saída, e a inclusão de novidades. Alguns pratos, no entanto, nunca saem de moda – pelo contrário, muitos foram introduzidos pelo restaurante e passaram a ser ‘copiados’ por outros estabelecimentos. “A gente tem trufas hoje no cardápio, tem uma entradinha que eu insisto em deixar aqui... [que] hoje está um pouco mais na moda, mais em evidência, que é aquela massa que tem uma gema mole, e quando corta, ela estoura. Mas eu a tenho aqui já faz dez anos. Na época não saía nada. Acho que quem comia era só eu e meu esposo, o Lélis e a esposa dele. Agora não, já tem um pessoal que aprecia”, lembra a proprietária.


Dentre os pratos que não saem do cardápio, estão o ravióli de muçarela com molho pomodori e manjericão, filé com molho de mostarda, gnocci na manteiga e sálvia, o medalhão com presunto de Parma e molho de vinho tinto e o risotto parmeggiano, de queijo. Além, é claro, do famoso couvert, que leva sardella, tomate confit, crostini com ragu de rabada e agrião, parmesão (calcar negro argentino), espetinho mediterrâneo (muçarela de búfala, tomatinho grape e manjericão) e refogado de abobrinha italiana com tomate seco.


Pappardelle recheado com ragu de rabada e molho demi-glace (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)


Há cerca de um ano, todos os dias oito pratos do cardápio são servidos com preço promocional, a R$39: rondeli recheado, risoto de abóbora, rigatonni ao pomodoro, polpetone recheado, penne à carbonara ‘Due Ladroni’ (receita especial da casa), barriga de porco ‘Panchetta’, ossobuco marinado e gnocchi de mandioquinha. A promoção não é cumulativa com outras, como o Best gourmet e a rolha livre (que também é todos os dias).


Penne à carbonara 'Due Ladroni' (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Novidade


Para se manter atualizado, o restaurante também sempre busca inovar. Um dos pratos lançados no cardápio em 2018 foi uma entrada de aspargos ao molho branco trufado. Além disso, a partir do próximo dia 18 de janeiro, às quartas-feiras o Due Ladroni vai abrir mais cedo para a realização de um ‘happy hour’.


Aspargos ao molho branco trufado (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)


A partir das 18h, quem for ao local poderá pedir uma tábua especial de frios, com alcachofra, croquete de carne, tomatinho, dentre outras iguarias que o chef Anildo descobriu em sua última ida a São Paulo. Para acompanhar, cervejas especiais e drinks como Spritz Aperol, Negroni, caipirinhas e caipiroskas.


Também a partir de janeiro, todo dia 29 será o dia especial do gnocchi da fortuna. Nesta data, quatro sabores diferentes da massa (de batata, de mandioquinha, de batata doce e etc), com diferentes molhos, serão vendidos a preços especiais.


O Due Ladroni funciona de terça a domingo, a partir das 19h. Aos domingos, funciona também no almoço, das 12h às 16h. Endereço: Rua: Sírio Libanesa, 61, bairro Popular.  


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo