? ºC Tangará da Serra - MT

Destaque

08/02/2018 08:53 Folha Max

Clínica em VG é única do Estado a realizar check up completo em até 8h

As avaliações realizadas na Vida Diagnóstico e Saúde são feitas nas mais diversas especialidades e variam de acordo com a idade e do gênero do paciente.

Manter a saúde em dia é indispensável, assim como adotar hábitos saudáveis e realizar exames de rotina. Homens e mulheres, especialmente a partir dos 35 anos, devem fazer, anualmente, um check up, que nada mais é do que uma bateria de exames solicitada por médicos especializados, que dá um diagnóstico detalhado acerca do funcionamento das funções do organismo.

O aconselhável é manter uma periodicidade anual, porém, em alguns casos, este tempo pode e deve ser menor, como, por exemplo, em indivíduos portadores de hipertensão, colesterol alterado e diabetes, evitando que essas patologias se agravem. O check-up é considerado uma das pontas da medicina preventiva, que corresponde à união de dados da história clínica e exames, vinculados a uma análise do histórico pessoal do paciente, com o objetivo de detectar doenças em estágio inicial. Recomendado ao menos uma vez por ano, o programa de exames leva em consideração as necessidades de cada faixa etária e sexo.

É justamente nessa área que a Vida Diagnóstico e Saúde decidiu investir. “A ideia é oferecer, em apenas um lugar, as mais variadas especialidades médicas e exames, para que o paciente já saia com um mapa completo sobre a sua saúde, tudo em um único dia e local, em aproximadamente 8 horas. A Vida é a primeira clínica do Estado de Mato Grosso que oferece este tipo de atendimento rápido. Se o paciente for procurar um médico de cada vez, por conta própria, esse processo deve durar em torno de 45 dias”, explica a Dra Natasha Slhessarenko.

“Muitas pessoas acreditam que, se não estão com nenhum sintoma, é porque estão bem e não precisam procurar um profissional de saúde, mas isso pode não ser verdade. O check-up é um conjunto de exames que visa diagnosticar doenças em pessoas que não sentem sintomas. É uma ação preventiva. A detecção de doenças em estágios iniciais é o maior benefício da prática de exames de rotina, pois nessa fase há maior chance de um tratamento bem-sucedido e de cura”, pontua Dra Natasha.

DADOS

Evitar se consultar e não considerar a opinião de um especialista para sintomas de saúde estão entre as principais causas apresentadas pelos brasileiros para automedicar-se. Segundo uma pesquisa realizada pela NZN Intelligence 68% dos brasileiros a automedicação é uma realidade e cada vez mais consultam a internet para procurar sintomas de doenças e nomes de medicamentos. O levantamento aponta que 37% dos brasileiros procuram os sintomas na internet quando se sentem mal. Segundo o Ministério da Saúde quase 60 mil internações causadas por automedicação foram registradas no Brasil entre 2009 e 2014.


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo