? ºC Tangará da Serra - MT

Educação

02/02/2018 15:09

Aluno do IFMT tira 913 no ENEM e passa em 6 faculdades de medicina; veja rotina de estudos

Se aos 17 anos de idade tirar uma nota acima de 800 e passar em Medicina no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) parece sonho. Imagine fazer isso seis vezes? É o caso de Luan Galdino, aluno do curso Técnico Integrado em Química no IFMT - Campus Rondonópolis. Seis grandes universidades do país estão com as portas abertas para este mato-grossense prodígio, que ainda vacila na escolha da profissão: ele ainda considera a hipótese de se tornar seminarista.

Ser aluno do curso técnico em Química, também ajudou Luan Galdino a conquistar menção honrosa em olimpíadas de conhecimento já no primeiro ano. Em 2017, definiu a meta de obter uma boa nota dos exames.
A tarefa não foi fácil, o estudante precisou abrir mão de todas as atividades de lazer que gostava, durante a semana, e mantinha média de 12 horas de estudo por dia. Ao todo, ele elaborou 60 redações e dezenas de listas de exercícios (principalmente nas matérias que tinha mais dificuldade).


Uma de suas metodologias adotadas para a redação do ENEM foi direcionar as pesquisas para problemas sociais, e com a ajuda das professoras de português ia corrigindo as falhas que tinha. O tema da última prova foi sobre educação de surdos, e apesar de não ter visto especificamente o assunto, o domínio na área social lhe garantiu argumentação.


No meio de tanto estudo, os momentos de lazer eram poucos, mas necessários. Luan conta que não abriu mão do tereré, e sempre fazia algumas pausas. Aos domingos, abandonava os livros. "Para não dar uma pirada eu dava uma andada, ia conversar com alguém, ia tomar um tereré. Mas era coisa de 20 minutos para descontrair", conta.


Muito estudo, e o resultado chegou: Luan Galdino, de apenas 17 anos, obteve nota 913,9 na redação do Enem e 848,7 na nota geral. Seis faculdades de medicina hoje estão à sua disposição: Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e Universidade Federal do Pampa (Unipampa).
Mesmo com tantas opções para a mesma área, Luan não garante se de fato quer seguir na medicina. Ele pensa em, talvez, tornar-se seminarista. "Quero fazer algo para servir as pessoas, é isso que sinto vontade, então o que eu me sentir melhor, vou fazer", diz.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo