? ºC Tangará da Serra - MT

Educação

14/06/2018 14:05 G1

Empresa faz BO e alega sabotagem em água após restaurante da UFMT ser interditado

A empresa responsável pelas refeições do restaurante universitário da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, registrou boletim de ocorrência nesta quinta (14) após ter o estabelecimento interditado na quarta-feira (13). Um estudante passou mal depois de beber água do bebedouro.

Depois que o aluno passou mal, os estudantes foram verificar o que aconteceu. Em vídeos divulgados por eles, é possível ver que copos que recebiam a água do bebedouro ‘derretiam’ em questão de segundos.

 
Em vídeos divulgados pelos estudantes, é possível ver que copos que recebiam a água 'desmanchavam' e derretiam em questão de segundos (Foto: TV Centro América)

Em vídeos divulgados pelos estudantes, é possível ver que copos que recebiam a água 'desmanchavam' e derretiam em questão de segundos (Foto: TV Centro América)

Em nota divulgada à imprensa, a empresa afirma que foi atacada por ato de sabotagem e que alguém colocou um líquido estranho no bebedouro de água do restaurante universitário.

“Reputamos tal ato como covarde e o condenamos veementemente, porquanto colocou em risco a saúde de pessoas que frequentam diariamente o restaurante universitário”, declarou a empresa.

Argumentou ainda que ‘sempre prezou pelo respeito os clientes, tratando da alimentação das pessoas com zelo e dedicação, primando pela qualidade dos serviços e produtos’.

Ainda conforme a empresa, um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil e um ofício encaminhado à Perícia Oficial Técnica (Politec) para fazer um exame pericial no bebedouro.

 
Restaurante da UFMT foi interditado após estudante passar mal ao beber água de bebedouro (Foto: Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFMT)

Restaurante da UFMT foi interditado após estudante passar mal ao beber água de bebedouro (Foto: Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFMT)

De acordo com o Diretório Central dos Estudantes (DCE), o restaurante foi interditado depois que um aluno começou a passar mal quando ingeriu água do bebedouro.

Policiais militares foram chamados e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou o estudante para atendimento médico.

Os funcionários do restaurante fecharam o bebedouro e interditaram o local para verificar o que ocorreu. Um aviso sobre a interdição foi fixado na porta do restaurante. Segundo os estudantes, o restaurante não abriu nesta quinta-feira (14).

Em nota, UFMT informou que acionou a empresa responsável pela prestação do serviço e determinou a interdição do local.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo