? ºC Tangará da Serra - MT

Esporte

14/12/2017 14:40 Gazeta Digital

Confusão dentro e fora do Maracanã marca final da Copa Sul-Americana

A final da Copa Sul-Americana, disputada entre o Flamengo e o argentino Independiente, nesta quarta-feira (13), foi marcada por confusões dentro e fora do Maracanã. Apesar do policiamento reforçado, houve registro de vários confrontos entre as torcidas. O número de detidos e feridos ainda não foi divulgado pela Polícia Militar.

Antes da chegada dos clubes, o clima na região do entorno do estádio era tenso. O ônibus do Independiente chegou a ser vandalizado na chegada ao Maracanã. Objetos foram lançados contra o veículo, mas ninguém ficou ferido.

O Batalhão de Choque e a cavalaria da Polícia Militar precisaram atuar para controlar a confusão na entrada da torcida rubro-negra no estádio. Grades foram derrubadas, houve correria e tentativa de invasão.

Mesmo sem ingresso, um grupo derrubou as grades e tentou invadir o estádio. Catracas foram quebradas e objetos lançados contra os agentes que trabalhavam na contenção.

Policiais do Choque precisaram usar balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio para tentar controlar a confusão. O cheiro do gás chegou a ser percebido de dentro do estádio. Houve correria nas ruas do entorno e na rampa que dá acesso ao Metrô e aos trens da Supervia.

Após a partida, que terminou com o bicampeonato do clube argentino, a confusão recomeçou. As cenas de violência se repetiram, com torcedores lançando garrafas e pedras contra policiais, que responderam com balas de borracha e gás de pimenta.

A torcida do Independiente permaneceu dentro do estádio até a confusão ser controlada do lado de fora. Uma parte da torcida rubro-negra também precisou aguardar dentro do Maracanã o fim dos confrontos. Na confusão, um motorista atropelou um homem e foi agredido por torcedores. Não há informações sobre as vítimas.

A confusão só foi controlada por volta das 1h30. Um grupo de torcedores foi detido e levado para o Jecrim (Juizado Especial Criminal), que fica dentro do Maracanã. A Supervia, concessionária que administra os trens, registrou depredação de seis trens e danos em quatro estações. O empate em 1x1 deu o título da Copa Sul-Americana ao Independiente, que já havia vencido a primeira partida em Buenos Aires.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo