? ºC Tangará da Serra - MT

Mundo

15/12/2017 15:12 G1

Protestos contra decisão de Trump sobre Jerusalém causam novas mortes

Dois palestinos foram mortos nesta sexta-feira (15) por tiros disparados pelas forças de segurança israelenses, segundo as autoridades de Ramallah, durante protestos contra a decisão do presidente americano Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

O palestino Basel I., de 24 anos, morreu em Anata, uma cidade entre a Cisjordânia e Jerusalém, em meio aos protestos. Já Mohamed Aqal, de 29 anos, foi baleado três vezes pela polícia israelense depois de atacar os agentes na saída de Ramallah. Ele estava equipado com o que parecia um cinto de explosivos e sucumbiu aos ferimentos horas depois no hospital.

Dois outros palestinos morreram mais cedo durante o dia em confrontos na Faixa de Gaza, elevando para 8 o número total de palestinos mortos em confrontos desde que Donald Trump anunciou sua decisão na semana passada.

O reconhecimento da cidade como capital é considerado polêmico, uma vez que os palestinos querem Jerusalém Oriental como capital de seu futuro Estado, e a comunidade internacional não reconhece a reivindicação israelense sobre a cidade como um todo. Entenda.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo