? ºC Tangará da Serra - MT

Mundo

21/03/2018 16:17 G1

Rússia atacou no Reino Unido porque Londres denuncia abusos, diz chanceler

A Rússia escolheu cometer um atentado contra um ex-espião russo em território britânico porque Londres denuncia sistematicamente seus abusos, afirmou nesta quarta-feira (21) o ministro britânico das Relações Exteriores, Boris Johnson.

"A razão pela qual escolheram o Reino Unido é muito simples: porque é um país com determinados valores, que acredita na liberdade, na democracia e no Estado de direito e sempre denunciou a Rússia por violar esses valores", afirmou Johnson ante uma audiência com o comitê parlamentar para discutir o atentado contra o ex-espião Serguéi Skripal e sua filha em Salisbury.

O minstro citou os Bálcãs, os países bálticos ou a Síria como exemplos de lugares onde Londres denunciou as interferências russas.

Além disso, Johnson afirmou que Vladimir Putin, com o atentado com agente químico, quis enviar uma mensagem aos desertores potenciais. "É isso que vai acontecer a você", afirmou.

"A Rússia propaga mentiras sobre o envenenamento do ex-espião russo", disse ainda.

O chanceler destacou, no entanto, que não quer que a escalada diplomática entre os dois países acabe em uma nova Guerra Fria.

"Vivi a Guerra Fria anterior e foi um momento terrível".

 
Sergei Skripal fala com sua advogada de trás das grades em uma corte em Moscou em foto de 9 de agosto de 2006 (Foto: AP Photo/Misha Japaridze, File)

Sergei Skripal fala com sua advogada de trás das grades em uma corte em Moscou em foto de 9 de agosto de 2006 (Foto: AP Photo/Misha Japaridze, File)

O ex-espião havia levado sua filha, que acabara de chegar de Moscou para visitá-lo, para comer antes que os dois fossem encontrados em estado crítico em um banco de um parque.

Este episódio reavivou a lembrança do que aconteceu com Alexander Litvinenko, um dissidente russo que morreu envenenado com polônio radioativo em um ataque no Reino Unido em 2006. Este crime também foi imputado a Moscou por Londres.

A Rússia insiste que não tinha motivos para matar Skripal. A substância utilizada no ataque seria o Novichok, um poderoso agente neurotóxico criado pela União Soviética, e seria o primeiro ataque do tipo na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

 

Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo