? ºC Tangará da Serra - MT

Mundo

23/03/2018 15:32 G1

Martín Vizcarra assume a presidência do Peru

Martín Vizcarra assumiu na tarde desta sexta-feira (23) como o novo presidente do Peru ao ser juramentado pelo Congresso, pouco depois que o Legislativo formalizou a renúncia de Pedro Pablo Kuczynski.

Em seu discurso de posse, Vizcarra prometeu ser duro na luta contra a corrupção. Vizcarra, um engenheiro civil de 55 anos, jurou diante do Congresso após às 13h locais (15h, pelo horário de Brasília), em uma cerimônia na qual o chefe do legislativo, o opositor Luis Galarreta, colocou a faixa presidencial.

Vizcarra já foi chefe do governo regional do estado de Moquegua (2011-2014), região mineradora do sul do Peru marcada por desigualdades. Era até então o primeiro vice-presidente e embaixador do Peru no Canadá.

Kuczynski, conhecido no país como PPK, apresentou sua carta de renúncia na quarta-feira, na véspera do que seria o segundo julgamento de impeachment que enfrentaria. Nesta sexta-feira, após o vazamento de uma resolução preliminar do Congresso, ele ameaçou retirar a carta para que a denúncia prosseguisse. O texto o apontava como traidor da pátria, e Kuczynski alegou que queria se defender.

O presidente do Congresso, o opositor Luis Galarreta, rebateu, alegando que o documento vazado é "um rascunho" que sequer foi aprovado pelos porta-vozes das bancadas parlamentares.

Após meses com o mandato ameaçado devido aos vínculos de empresas ligadas a ele com a construtora Odebrecht, Kuczynski jogou a toalha na quarta-feira, um dia antes de se submeter a um processo de impeachment no Congresso.

Sua saída foi precipitada pela divulgação de vídeos, insinuando que seu governo estava tentando comprar votos de congressistas para se manter no poder.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo