? ºC Tangará da Serra - MT

Mundo

10/05/2018 16:43

Homens armados invadem mesquita e matam imã na África do Sul

Homens armados com pistolas e facas invadiram uma mesquita perto de Durban, na África do Sul, e atacaram os presentes. Um imã foi morto decapitado e duas pessoas ficaram feridas.

Segundo um porta-voz de uma empresa de segurança privada, a Reaction Unit South Africa, que interveio no local, os dois feridos estão em estado crítico. Ele também informou que nada foi roubado.

Após a oração do meio-dia, três homens, identificados pela imprensa local como egípcios, entraram em uma mesquita da cidade de Verulam e atacaram um imã, um fiel e um porteiro, de acordo com o serviço de emergência citado pela agência France Presse.

"Amarraram o imã, fizeram ele se ajoelhar e cortaram seu pescoço", indicou Paul Herbst.

Duas outras vítimas foram esfaqueadas, uma no abdômen e outra na axila, segundo a mesma fonte. Antes de fugirem em um carro, os agressores lançaram um coquetel molotov na mesquita que se incendiou parcialmente.

"Os bombeiros chegaram ao local e controlaram o incêndio", segundo Herbst.

O presidente da Rede Muçulmana da África do Sul, Faizel Suliman, recusou-se a especular sobre as causas do ataque. "Não se sabe se a motivação é criminosa, se é uma história de amor que evoluiu mal ou se foi por uma razão religiosa", acrescentou. "É a primeira vez que algo assim acontece na África do Sul", disse ele.

 

A polícia também foi cautelosa sobre as razões do ataque. "A causa do ataque ainda não é conhecida", disse à AFP um porta-voz da polícia, Nqobile Gwala, acrescentando que uma investigação foi iniciada.

O mês sagrado do Ramadã deve começar na próxima semana. A África do Sul, que tem 1,5% de muçulmanos entre seus 53 milhões de habitantes, até agora não registrou ataques jihadistas, ao contrário de outros países africanos.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo