? ºC Tangará da Serra - MT

Nacional

21/12/2018 16:00 G1

Polícia apreende esmeraldas, medicamentos e mala com dinheiro em três endereços ligados a João de Deus

A Polícia Civil de Goiás apreendeu nesta sexta-feira (21) pedras preciosas, medicamentos e dinheiro em três endereços ligados ao médium João de Deus, preso suspeito de ter cometido abusos sexuais contra mulheres. Entre os locais está a Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, onde ele fazia os atendimentos espirituais.

  • Entenda os rumos da investigação

O delegado-geral, André Fernandes, informou que as pedras -- identificadas como esmeraldas -- serão periciadas. Os policiais descobriram um cofre em um esconderijo acessível por meio do fundo falso de um armário. Não havia dinheiro no local. O médium deve ser ouvido novamente na próxima semana, por causa das apreensões.

Esmeraldas apreendidas em endereços ligados a João de Deus — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Esmeraldas apreendidas em endereços ligados a João de Deus — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A corporação instaurou mais oito inquéritos para apurar denúncias de abuso sexual contra João de Deus. As vítimas são mulheres com idade entre 20 e 40 anos. Um dos casos é de uma moradora da São Paulo. Os demais, de Goiás.

“Das 16 procedimentos trazidos, temos nove instalados, sendo oito em andamento e um concluído. Precisamos incentivar as vítimas a procurarem a polícia, recebemos denúncia anônima, via 197, mas sem identificar e, assim, não conseguimos identificar e dar continuidade à investigação”, declarou.

 
Mala com dinheiro apreendida em endereço ligado ao médium João de Deus — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Mala com dinheiro apreendida em endereço ligado ao médium João de Deus — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Segundo a corporação, a equipe fez uma perícia complementar no local com apoio da Vigilância Sanitária e do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). A promotora Gabriella de Queiroz Clementino informou que foram cumpridos novos mandados de busca e apreensão.

 

“Já apreendemos documentos, pedras, a Polícia Científica acompanhou e produziu laudos complementares. A Vigilância Sanitária também acompanhou porque já tinha essa demanda porque havia comércio de medicamentos no local. Eles apreenderam alguns instrumentos cirúrgicos, mas ainda não temos um laudo”, afirmou.

Preso no último domingo (16), quando se entregou à Polícia Civil, João de Deus está detido desde então no Núcleo de Custódia, que é considerado de segurança máxima. A unidade integra o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Defesa do médium tenta soltura dele em pedido de habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Situação atual

  • Médium é investigado por estupro, estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude;
  • Ministério Público recebeu 506 relatos de abusos sexuais;
  • Polícia Civil colheu depoimentos de 16 mulheres. Um inquérito foi concluído e há oito em andamento;
  • Polícia Civil investiga a posse de armas e R$ 400 mil encontrados no quarto do médium;
  • Há relatos de supostas vítimas de seis países e vários estados brasileiros;
  • MP e polícia também querem apurar denúncia de lavagem de dinheiro;
  • Não há pedido para suspensão do funcionamento da Casa Dom Inácio de Loyola;
  • Defesa tenta soltura do médium
 

Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo