? ºC Tangará da Serra - MT

Opinião

29/05/2017 15:26

Democracia sim, baderna não

O último ato de manifestação realizado em Brasília contra Michel Temer e as reformas trabalhista e previdenciária, patrocinada por partidos de oposição e sindicatos demonstrou o quanto estas entidades estão completamente recheadas de delinquentes e baderneiros.

É incontestável o direito que todo cidadão tem no exercício pleno da democracia de manifestar a favor ou contra esta ou aquela decisão de políticos. Este direito é líquido e certo. Reza nossa Constituição.

No entanto o que se viu nas imagens das redes de televisão foi um bando de bandidos, baderneiros e delinquentes irresponsáveis e inconsequentes destruindo o patrimônio público, agredindo pessoas inocentes que estavam cumprindo seus horários de trabalho. Burlando a lei e a ordem pública.

Este tipo de criminoso deturpou e tornou intolerável, pelas suas ações perante a sociedade ali representada, que buscava pacificamente mostrar o seu descontentamento contra o Presidente da República e as reformas propostas pelo governo.

A invasão dos Ministérios da Agricultura e da Fazenda, foram nada mais, nada menos do que ações de terroristas que querem o “quanto pior melhor”, para que as suas ideias idiotas possam tornar realidade.

Uma delas é o “Volta Lula”, sabedores que são de que a prisão do ex-presidente é eminente e está para acontecer. Na cabeça deles acreditam que com badernas atingirão seus objetivos.

Não dão conta ou fazem ou fazem que não, que estão acendendo a luz verde para volta dos militares para as ruas, abrindo caminho para um novo golpe de Estado, semelhante a 1964.

Os militares comandaram por 21 anos um regime de exceção imposto a Nação. Foram épocas de torturas, cassações ilegítimas de mandatos, prisões, banimento, assassinatos e expulsões de patriotas, censura à imprensa, impedimento do direito de ir e vir, entre outras mazelas. Cabeças de verdadeiros democratas e defensores da pátria e da Lei, rolaram ao bel prazer do comando dos generais.

O que está intrigando a quem não é alienado a nenhuma pregação política partidária ideológica, o porquê destes baderneiros não cobrarem do Poder Judiciário a liberdade e a impunidade concedida a dois dos maiores ladrões do país, os delatores e réus confessos, Joesley e Wesley Batista, que surrupiaram bilhões dos cofres públicos e estão agora vivendo no “bem bom” em outro país e zombando do nosso povo. A quem interessa este agasalhamento? Com a palavra Rodrigo Janot.

Por que não pressionaram o TSE para julgarem o pedido de anulação da chapa Dilma-Temer, demanda esta que dependendo da sentença pode trazer uma saída legal e constitucional para a crise política.

Será que esse bando pensa que com baderna, agressões e patifarias, conseguirão dar um golpe e salvar o comandante mor da quadrilha da cadeia?

Não é esta a saída que a sociedade busca. Não é este o futuro que todos queremos para o nosso país.

Pensem, reflitam, manifestem, gravem em suas cabeças. Democracia sim, baderna não.

José Arimatéia – Ex Dep. Estadual


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo