? ºC Tangará da Serra - MT

Polícia

06/12/2017 13:51 OLHAR DIRETO

Governo descarta risco de desabamento na ponte no Coxipó e dá prazo para terminar obra

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cidades (Secid), esclareceu que a Ponte Benedito Figueiredo, localizada na avenida Engenheiro Quidauguro, região do Coxipó, não corre risco de desabamento. Imagens têm circulado pelas redes sociais, relatando uma suposta possibilidade de que a estrutura viesse abaixo. A Defesa Civil esteve no local e avaliou que ainda não há risco. O secretário de Cidades, Wilson Santos (PSDB), deu um prazo de 60 dias para terminar a obra.

O coordenador da Defesa Civil, José Pedro Ferraz Zanetti, explicou que “há algum tempo tivemos aquele problema da chuva, o rio encheu e comeu o barranco da cabeceira. Agora, voltaram as chuvas e o rio está subindo novamente, fazendo com que o mesmo problema volte. Estivemos no local e notamos que o barranco continua a ceder”.
 
“Por enquanto, não há risco para os carros que trafegam por ali. Porém, é preciso que se tome alguma medida. O município já encaminhou um documento pedindo ao Estado que o problema seja resolvido. Ressalto que a situação ainda é normal, está liberado para trânsito, mas é preciso que se resolva. Estamos fazendo uma análise mais profunda também”, acrescentou o coordenador.
 
A assessoria de imprensa da Secid informou à reportagem que “o contrato com a empresa venceu no dia 04 de dezembro e a obra tem apenas 33% de conclusão, mesmo sendo notificada várias vezes”. A pasta ainda acrescentou que está estudando as medidas cabíveis, que podem chegar até a contratação emergencial de outra empresa.
 
O governo deu um prazo de 60 dias para que o problema seja resolvido, ou que se tenha um avanço significativo, considerando o período chuvoso. Além disto, reiterou que não há risco de desabamento. Para evitar qualquer tipo de problema, poderá ser feito um estreitamento de pista, como forma de precaução.
 
A ponte foi liberada no dia 05 de abril deste ano, após quase dois meses de interdição. Porém, continua proibida a circulação de caminhões e carretas pelo local, o que poderia colocar em risco a travessia de veículos. Para solucionar os problemas emergenciais, foram colocadas chapas metálicas na cabeceira da ponte – onde ocorre desbarrancamento –, que permitirão com segurança a passagem dos veículos leves.
 
A ponte Benedito Figueiredo foi interditada no dia 16 de fevereiro, por causa do risco de desbarrancamento de uma das suas cabeceiras. Ela interliga o Jardim Califórnia (Av. Beira Rio) ao bairro Cophema (Av. Quidalguro Fonseca) e funciona como uma importante alternativa à avenida Fernando Corrêa, principal artéria da região Sul da cidade.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo