? ºC Tangará da Serra - MT

Polícia

10/04/2018 15:51 OLHAR DIRETO

Prefeito minimiza anúncio de 'independência' de Malheiros e diz que seguirá trabalhando

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) minimizou o anúncio da nova postura do presidente da Câmara Municipal, Justino Malheiros (PV), adotada desde a semana passada, se declarando independente, chegando a dizer não querer ser rotulado como ‘garoto de recado’ do chefe do Executivo Municipal.

Para Pinheiro, o presidente do Legislativo sempre trabalhou de forma independente e, neste momento, Justino somente reafirmou seu posicionamento. O prefeito ainda destacou que apoia a decisão do vereador e que vai continuar trabalhando ao seu lado.


“Eu respeito o posicionamento do presidente, ele só reafirmou o que sempre existiu, uma postura de muito respeito institucional, uma postura de uma relação republicana com ele, como presidente da Câmara e com todos os vereadores. Então se há uma necessidade dele reafirmar esta independência, eu o apoio. Acho que isso vai fortalecer este relacionamento de harmonia e independência entre os poderes”, disse o gestor  na manhã desta terça-feira (10).


O chefe do Executivo também declarou não existir nenhum mal estar entre ele e Malheiros, e sustenta que a população cuiabana será a maior beneficiada com sua postura independente à frente da Câmara Municipal.
“Liguei para ele, ficamos de conversar mais. Tenho uma grande amizade pessoal com a família dele, mas uma coisa não tem nada a ver com a outra. Eu o respeito como presidente do poder Legislativo que também zela por uma relação institucional muito boa, equilibrada e harmônica em benefício de Cuiabá. Com isso Cuiabá e a população cuiabana só tem a ganhar”, avaliou.

Em entrevista a imprensa no início desta semana, o vereador Justino Malheiros afirmou que a decisão de se tornar independente foi uma escolha pessoal e que quer acabar com o rótulo de ‘garoto de recado’ do prefeito. Ele também declarou ser muito amigo de Pinheiro e que continuará apoiá-lo se Cuiabá precisar.
Questionado sobre o rótulo, o prefeito disse não entender do que se trata, pontuando o respeito e a harmonia que houve entre ele e o presidente da Câmara em seu um ano e três meses de gestão.
“Não sei o que ele quis dizer, tem que perguntar para ele. O que posso dizer é que eu sempre respeitei o presidente, a Mesa Diretora e o Poder Legislativo. De minha parte, este um ano e três meses de gestão, a convivência com o poder Legislativo foi institucional, republicana, respeitosa, de alto nível e sempre zelando pela independência e harmonia, com o dialogo pensando nos interesses para beneficiar a população cuiabana. Este é o nosso objetivo e o presidente sempre se comportou desta forma também”, finalizou.

Na semana passada, o presidente da Câmara anunciou sua independência e colocou à disposição os cargos indicados por ele. A atitude causou estranheza por Malheiros sempre ter tido uma boa relação com o Executivo e por ser um grande defensor do prefeito na CPI do Paletó. Nos bastidores, vem sendo falado que o rompimento se deu por falta de apoio de Pinheiro ao vereador, que tenta concorrer à reeleição da Mesa Diretora este ano.  


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo