? ºC Tangará da Serra - MT

Polícia

11/07/2018 09:01 Folha Max

Advogados envolvidos em confusão com policiais têm passagens criminais

Os advogados Luciano Carvalho e Dyego Nunes envolvidos em uma confusão com policiais civis durante um atendimento a uma ocorrência de trânsito na noite da última sexta-feira (11) já possuem outras passagens pela policia. De acordo com informações, Luciano que alega ter sido agredido por policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) tem passagens por apropriação indébita, invasão de propriedade particular, injúria contra mulher e estelionato.

Já o também advogado Dyego Nunes tem passagens pela polícia por infringir a Lei Maria da Penha. Ele teria divulgado fotos íntimas da ex-namorada sem o consentimento dela, após o término do relacionamento. De acordo com o delegado Christian Alessandro Cabral, há suspeita de que Dyego estava conduzindo o carro sob o efeito de álcool. No entanto, ele se recusou a fazer o teste do etilômetro no momento da ocorrência.

Em reunião com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SESP), nesta segunda-feira (9), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT) denunciou policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) por suposta agressão ao advogado, Luciano Carvalho que fazia a defesa de um cliente, suspeito de atropelar duas pessoas na sexta-feira (6).

O acidente aconteceu no bairro CPA 4, em Cuiabá. Imagens de uma câmara de segurança mostram quando um veículo passa pela rua 7, faz uma manobra e atinge duas pessoas, sendo uma delas um homem de 54 anos. O acidente é apurado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran). Na ocasião Dyego conduzia um veículo.

Já a situação em que o advogado Luciano acusa policiais de abuso de autoridade e agressão é apurado pela Corregedoria da Polícia Civil.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo