? ºC Tangará da Serra - MT

Política

09/01/2018 16:13 G1

Deputados de MT vão fazer sessão extraordinária durante o recesso para votar as contas do governo de 2016

Os deputados estaduais vão interromper o recesso na próxima terça-feira (16). A sessão extraordinária foi convocada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho (PSB), para votar as contas do governo Pedro Taques (PSDB) referentes a 2016.

A previsão era votar as contas em 2017, antes do recesso parlamentar, o que é obrigatório, mas eles suspenderam as atividades e vão fazer a sessão extraordinária para a análise. Com isso, eles entram em recesso de fato e voltarão às atividades na primeira semana de fevereiro.

Em dezembro, os deputados aprovaram a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2018. A aprovação da LOA também é necessária para que eles entrem em recesso no final do ano.

Desde o dia 23 a Assembleia está de portas fechadas para o recesso de final de ano. Os servidores devem voltar ao trabalho no dia 15, quando termina o recesso.

As contas do governo referentes ao exercício de 2016 tiveram parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com recomendações.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018, no valor de R$ 20,3 bilhões, foi aprovada pelos deputados no dia 19 de dezembro. Neste ano, o governo terá quase R$ 2 milhões a mais para gastar em comparação a 2017, que foi de R$ 18,4 bilhões.

Foram acrescentadas 274 emendas parlamentares ao projeto original, que havia sido encaminhado pelo governo à Assembleia.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo