? ºC Tangará da Serra - MT

Política

06/07/2018 09:24 Folha Max

PSDB cobra retribuição de apoio ao PSD; ex-deputado pode ser vice

O PSDB ainda “sonha” em contar com o PSD em seu arco de alianças. Apesar de contar com apoio da bancada da legenda na Assembleia, outras lideranças do partido, como o ex-vice-governador Carlos Fávaro, relutam incentivar a reeleição de Pedro Taques (PSDB).

Os tucanos, inclusive, admitem que o partido indique o candidato a vice do atual governador. Para “cobrar” o apoio, lideranças tucanas lembram as eleições municipais de 2016, alegando que, em diversas cidades, estiveram na aliança com candidatos do PSD.

Na principal delas, o partido deixou um projeto próprio para apoiar a candidatura do ex-deputado federal Roberto Dorner a prefeito de Sinop (481 KM de distância de Cuiabá). Aliás, Dorner é um cotados para compor chapa com Pedro Taques.

“Existe conversa sim. O Dorner é uma pessoa companheira, é da região de Sinop, é da região do deputado Nilson Leitão que ajudou muito na candidatura a prefeito de Sinop, inclusive tendo o candidato Fernando Assunção do PSDB a vice”, recordou o presidente regional do PSDB, Paulo Borges Junior.

Com a aproximação das lideranças do PSD, o PSDB acredita na possibilidade de reconciliação entre as siglas. Inclusive, esperam convencer o ex-vice-governador Carlos Fávaro da viabilidade da aliança.

“Ele (Dorner) tem uma simpatia muito grande pelo PSDB, pelo Pedro Taques , nós estamos conversando. Logicamente temos que respeitar a opinião do presidente Carlos Fávaro, mas com dialogo as coisas vão se encaixando e lá na frente nós vamos saber quem é quem, quem vai estar com quem”.

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo